Montevidéu

Ao sul do Sul, Montevidéu é a capital mais austral do continente americano. Com cinquenta quilômetros de costa, a cidade parece se entregar quase por completo às águas do Rio de la Plata.

Fundada na segunda década de 1700 sob o nome de San Felipe y Santiago, a cidade forte era então de apenas alguns quarteirões amuralhados que protegiam a entrada ao melhor porto natural da região, verdadeiro atrativo que desvelava aos sucessivos conquistadores europeus.

Considerada pela consultora Mercer Human Resources Consulting como a cidade com melhor qualidade de vida da América Latina, Montevidéu é o lar de quase um milhão e meio de habitantes, a metade da população do Uruguai.

Em 525 quilómetros quadrados, a capital uruguaia oferece Praia, história, centros noturnos e até turismo rural. A orla, passeio obrigatório que percorre todo o extremo sul da cidade, é talvez o principal atrativo de uma urbe de telhados baixos, boa vizinhança e vegetação generosa.

Suas ruas e bairros são cenários, para nada improvisados, do carnaval mais longo do mundo, no qual se destaca o já clássico Desfile de Llamadas, o acontecimento de mais relevância no Bairro Sur, antigo refúgio da comunidade afrodescendente que cada mês de fevereiro recria, ao ritmo de tambores, as chamadas de uns escravos a outros batendo as quentes membranas dos tambores.